top of hosting header

website hosting main area top

chamada-portal-empregos-left

Revista Científica de
Gestão e Secretariado

B2 no Qualis

Novos artigos publicados.
Acesse e leia!
Redes
Sociais
seta icon_facebooktwitter

Quem está online

Nós temos 813 visitantes online
A atuação da Secretária na Administração Pública - Set/2006 - Página 2 Imprimir E-mail

A Administração Pública

Inicialmente, definiremos o que é Administração Pública e qual a finalidade dos órgãos públicos e sua importância na sociedade.

O que é Administração Pública?

Para Meirelles (1985), "em sentido formal, a Administração Pública, é o conjunto de órgãos instituídos para consecução dos objetivos do Governo; em sentido material, é o conjunto das funções necessárias aos serviços públicos em geral; em acepção operacional, é os desempenhos perenes e sistemáticos, legais e técnicos, dos serviços do próprio Estado ou por ele assumidos em benefício da coletividade. Numa visão global, a Administração Pública é, pois, todo o aparelhamento do Estado preordenado à realização de seus serviços, visando à satisfação das necessidades coletivas”.

“Estado é uma comunidade organizada politicamente, ocupando um território definido, normalmente, sob constituição e dirigida por um governo; também, possuindo soberania reconhecida internamente e por outros países” (MORAES, 1999).

Partindo-se de uma perspectiva histórica, verificamos que as administrações públicas, cujos princípios e características não devem ser confundidos com os da administração das empresas privadas, evoluiu através de três modelos básicos: a administração pública patrimonialista, a burocrática e a gerencial. Estas três formas se sucedem ao tempo, sem que, no entanto, qualquer uma delas seja inteiramente abandonada.

"No patrimonialismo, o aparelho do estado funciona como uma extensão do poder do soberano, e os auxiliares, servidores, possuem status de nobreza real. Os cargos são considerados probendas1" (FIALHO, 2005)

"A Administração Pública Burocrática surge na segunda metade do século XIX.... Constituem princípios orientadores do seu desenvolvimento e profissionalização, a idéia de carreira, a hierarquia funcional, a impessoalidade, o formalismo, em síntese, o poder racional legal" (FIALHO, 2005).

"A administração Pública Gerencial emerge na segunda metade do século XX, como resposta, à expansão das funções econômicas e sociais do Estado e, de outro, ao desenvolvimento tecnológico e a globalização da economia mundial....." (FIALHO, 2005).

Na Administração Gerencial torna-se então essencial à necessidade de reduzir custos e aumentar a qualidade dos serviços, tendo o cidadão como beneficiário.



 
<< Voltar >>



Todos os direitos reservados © 2014 SINSESP - Sindicato das Secretárias do Estado de São Paulo
R. Tupi, 118 - Pacaembu - São Paulo - SP - 01233-001 - Tel.: (11) 3662-0241 - Fax: (11) 3666-6315 - sinsesp@sinsesp.com.br
Este site não é compativel com Internet Explorer 6
Design by Web2a Studio!